sábado, 27 de junho de 2009

Do herói ao fim - Parte II

Parte ||

Nosso herói se encontrava na floresta
Ele andava inconformado
com as dissidências do seu senhor feudal
por acaso há nobre gentil e próspero nesse mundo?
Só a dor e a vontade de saber a verdade
lhe dava forças pra viver
ó nobre donzela que lhe entregaste a vida
por sua liberdade
Isso ele nunca poderá entender!!!

No futuro ele não podia pensar
tudo lhe sobrevinha de um modo tão obscuro
Este é seu destino
seu fado
sua indignação
a falta de requerimentos lhe encobria de virtudes
prosperar, nisso nunca irei pensar

Amanhã, ó povo meu
estaremos em outra terra
precisamos de mais mantimentos
pois os impostos cobrados pelo senhor dessas terras
sobe a cada dia
procurai então, um senhor mais justo e se possível
bondoso
Seu povo lhe respeitara
e acatara tal nobre e difícil decisão

Nosso herói é popular...
Nosso herói sabe onde deve nos levar...
Mas, que tão bom povo...
Seu destino deve ser algo bem decidido!!!???

Observações:
A estória será atualizada 2 dias na semana, sendo eles: Quarta-feira e Sábado, como de costume em meu blog.

Bom, já tenho alguns amigos de blog como contato de msn quem quiser ter contato pode me add no msn, lhes darei ouvidos. Msn: Silas989@hotmail.com

Conheça outros blogs:
Bem, quem ainda não visitou, conheça o blog do Thiago Assis, é repleto de poesias e livros, espaço bem legal, e foi meio que por ler as poesias do Thiago que eu comecei a escrever em verso acho que elas despertaram meu eu poético!
Tem também o blog do Philip Rangel, que tem um quadro bem legal de entrevista com outros blogueiros, é uma boa forma de conhecer ao próximo e a si próprio. Fazer o que Philip estuda direito e ataca de jornalista nas horas vagas.

Em breve mais blogs. 2 por vez.

3 comentários:

mari disse...

nossa...q bonzinho...=/
tá muito boa a história.

beijoss

Thiago Assis disse...

Não há nobre gentil na Idade Média,
e olhe lá se há na Contemporânea.

Seria o servo um proletário atual?
Não me parece muito diferente da realidade pós-Revolução industrial.

Cara, fiquei com um sorrisão depois do li sobre eu meio q ter te influenciado a fazer poesia. Feliz isso ^^


Eu to trocando de blog e te aguardo no novo, tá? ^^
www.euthiagoassis.blogspot.com

Vieira Calado disse...

Olá!

Passei para ver o blog.

Achei interessante.

Cumprimentos