terça-feira, 6 de outubro de 2009

Carla

Carla, atenciosa e prestativa
uma garota funcional
sempre atenta e presente
como ela não há outra igual.

Sua voz é um acalanto
um abrigo sem fim
me perco em seus mil detalhes
quero estar com ela até o fim.

Desejo ela sempre presente
pois ela alegra o ambiente
e conforta meu coração.

Essa poesia é parnasiana
como uma forma de elo
entre o amor e o belo (presentes em minha inspiração).


Carla e Jacqueline são garotas reais, mas não necessariamente quer dizer que estou perdidamente apaixonado por elas, rsrs. A carla é uma garota legal e ela ao ler alguns de meus versos pediu para que eu composse algo pra ela. São duas garotas bem legais que condizem com o que eu escrevo, eu escrevo por prazer, simplesmente isso.

4 comentários:

mari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mari disse...

a poesia parnasiana não fala de sentimentos e emoções, como o amor por ex.. =x

Franciéle disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Poesias-Fran.R.M disse...

É mesmo existem algumas são parecidas no modo de escrever, o tema é totalmente diferente.=)

Obrigado pela visita!
Volte sempre!